Olá a todos, informamos que o CPB eliminou nosso aplicativo Hinos Adventistas da Play store para o Brasil, os irmãos no Brasil não poderão mais baixar nosso aplicativo, e aqueles que já o possuem instalado, se eliminarem, não poderão baixá-lo novamente e as imagens ainda estão disponíveis, e vamos continuar a atualizá-lo, só não temos certeza se ele será atualizado automaticamente ou terá que ser manualmente ou se poderá ser atualizado.

As Pessoas que fizeram doações, caso tenham problemas, por favor, escreva para o suporte, para fazer a devolução correspondente. soporte@advenz.com

Lamentamos este problema que está fora de nosso controle, se desejar, salve este link para atualizações sobre este problema.

Deus abençoe todos vocês.

 

10 comentarios de “Nosso aplicativo para Android, Hinos Adventistas, foi removido da Play Store”

  1. Um grande absurdo o que fizeram , nossa uma igreja tão rica não há necessidade de fazer isso, mesmo porque usamos o horário pra adoração ao nosso Deus que pena, lamentável isso que aconteceu!

  2. É muito triste. Fico imaginando Thiago White que usava roupas remendadas pra usar o pouco que ganhava em publicações, já pensou a tristeza desse homem ao ver no que se tornou o 1ue ele começou? E Deus que precisa que a obra avance? A ambição desses «líderes» não tem tamanho.

  3. Essa é a igreja de laudiceia rica e abastada e o tempo do fim que possamos nos conecta mais ao bom DEUS que possa nos da direção neste tempo de perseguição que ja começou o começo e na igreja o penerameto.

  4. Tudo bem que eles tenham o direito dos hinos mas acho um absurdo eles fazerem isso porque as pessoas que não tem condições de pagar pelo aplicativo do hinário ficam restritas aos hinos. E só pode ouvir quem paga? A palavra de Deus diz que de graça recebei e de graça dai. Que pena que hoje só conseguem visualizar o lucro e não a adoração das pessoas.

  5. CPB tá virando a universal? Tem que pagar agora pra ouvir um hino adventista? Cada vez mais vou me decepcionando com a minha congregação Adventista.

    1. Infelizmente o mundo está de ponta cabeça; não posso entender, uma igreja, que se diz disposta a tudo para levar o evangelho gratuitamente a toda criatura, retira o hinário aplicativo do play store; A direção da igreja (humanamente falando), mudou? Essa forma de adoração agora terá que ser paga, é isso?? Lamento por todos nós q utilizavamos esse App! A nossa igreja adventista do sétimo dia, tem a verdade, mas não, a perfeição.

  6. Infelizmente tem coisas que não dá para acreditar agora a casa publicadora retira o app hinário. No site da escola sabatina fez uma parceria com a Spotify . Eu acho um absurdo vcs são adventista ou finge ser adventista pelo jeito estão visando só dinheiro, A CPB E UMA DAS MAIORES EDITORAS DA AMÉRICA LATINA TUDO ISSO NAS CUSTAS DOS MEMBROS DA IGREJA, igual as escolas agente da.oferta dízimo e paga uma mensalidade de 800 reais para nossos filhos estudar sinceramente me sinto no meio de ladrões as vezes. Quero uma.explicacao sobre tudo isso

    1. Concordo plenamente com você. Chego a pensar desse jeito. Nossas ofertas , serve para ajudar em construções de escolas em outros países, mas muitos de nós brasileiros não podemos colocar nossos filhos e netos em escolas adventista. É um absurdo isso. Sem contar que tudo é pago. Então para que serve os dízimos e ofertas?

  7. Sou do Brasil e é o aplicativo que mais utilizo. Como pode a CPB fazer isso?

    É um absurdo essa remoção autoritária. Poderiam esclarecer melhor o que está acontecendo.

Deja una respuesta

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *